Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico realiza visita na Estação Piloto do rio Javaés (TO)


Por: Lorran M P Macedo, Fonte: Autor da notícia
Data 2020-10-08

A segunda semana de setembro foi marcada pela implantação da Estação Piloto no rio Javaés, que se tornou o primeiro rio federal do país a contar com uma estação telemétrica para o monitoramento remoto de captações. Após a definição da solução tecnológica mais adequada para as condições do rio Javaés, a Estação foi instalada na captação da Fazenda Dois Rios (Lagoa da Confusão - TO), com o objetivo de testar a inovação tecnológica que será instalada em todas as captações da bacia e que poderá ser replicada em outras regiões de conflito do Brasil. 

No dia 21 de setembro, a equipe de fiscalização  da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) realizou uma visita técnica na Estação Piloto com intuito de conhecer a tecnologia desenvolvida pelo IAC/UFT que já está implantada em todas as 94 bombas da bacia do rio Formoso (TO) e utiliza uma infraestrutura física em campo, com medidor de vazão ultrassônico, transmissor de dados e micro usina solar e uma infraestrutura computacional de TI na outra ponta, para armazenar e disponibilizar as informações de vazão e consumo, em tempo real, em um Portal Espacial na internet (https://gan.iacuft.org.br). O sistema também conta com um aplicativo para dispositivos mobile, disponível na App Store e Google Play. 

“Aqui no Javaés com o projeto da Estação Piloto, a ideia da Agência Nacional de Águas é expandir essas ferramentas remotas e essas novas tecnologias para a fiscalização, para o benefício do usuário e para o benefício do recurso hídrico como um todo” diz Leonardo de Almeida, coordenador de Fiscalização de Uso da ANA.

Sobre a importância da segurança hídrica desse sistema para região, para a bacia e para o usuário final de recursos hídricos, o Prof. Fernán Vergara, doutor em gestão de recursos hídricos do IAC/UFT, ressalta que “com esse sistema, o usurário terá um real conhecimento da quantidade de água que está captando e ao mesmo tempo da disponibilidade hídrica do rio. Isso, para um produtor rural que tem que planejar uma data de plantio, um período de irrigação, associados a questões climáticas e da própria disponibilidade hídrica, facilita no próprio planejamento. Esse tipo de informação pode dar a ele mais segurança e mais certeza de que pode chegar ao final do período de irrigação do cultivo sem maiores riscos ou pelo menos com menores riscos de ter a irrigação interrompida e comprometer todo o plantio”.

A Estação Piloto faz parte do projeto “Monitoramento Remoto das Captações no Rio Javaés”, uma parceria firmada pela Agência Nacional de Águas (ANA) com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), por meio do Instituto de Atenção às Cidades (IAC), responsável pela inovação denominada Gestão de Alto Nível – GAN que faz a medição, telemetria e disponibilização das vazões e volumes consumidos pelas captações de água. 


Sobre

Gestão de Alto Nivel
Telefone: (63) 3232-8219
E-mail: cidades@uft.edu.br

Endereço

Orla 14 - Praia da Graciosa, Av. Parque, QI 04, Lote 03
CEP: 77.026-035
Palmas – TO, Brasil